Nota sobre atropelamento de veado no PNI é enviada pelo Comtur

O Comtur (Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu) enviou uma nota à imprensa nesta sexta-feira (10), onde afirma que o veado-mateiro encontrado morto na quarta-feira (8) às margens da BR-469, que dá acesso às Cataratas, não foi atropelado por profissionais ligados ao turismo.

- Publicado el 11/08/2012
image A afirmação se baseia no fato de que o atropelamento teria ocorrido durante a madrugada, horário em que não há atendimentos a turistas.

“(...) Nós temos absoluta certeza de que o atropelamento não foi provocado por nenhum dos guias ou motoristas que atuam no acompanhamento de turistas. (...) Nossos guias e motoristas não levam turistas ao Parque Nacional do Iguaçu durante a madrugada. E uma apuração rigorosa poderá não apenas confirmar isso como, com uma boa dose de sorte, chegar ao motorista que cometeu o atropelamento.”, diz a nota, assinada pelo presidente Paulo Angeli.

No dia 1° de agosto, motoristas e trabalhadores do turismo em Foz do Iguaçu fecharam a entrada do PNI, em protesto à liminar que proibia o acesso de táxis e vans de turismo no local, exceto os ônibus da Concessionária Cataratas S/A, administradora do atrativo. A liminar foi suspensa até o dia 15 de agosto, até que o caso se resolva. O presidente do Comtur lembra que o fato acontece “no momento em que lutamos para ter o direito de levar visitantes até as Cataratas do Iguaçu”. Confira aqui a íntegra da nota.

0 Comentarios

Participá de la conversación